Torcedor já pode trocar nota ou cupom fiscal por ingresso

0
149

Está vigorando desde o último final de semana no Campeonato Tocantinense, a troca da nota fiscal/cupom fiscal por um ingresso. A cada nota fiscal ou cupom fiscal com valor igual ou acima de R$ 30,00, mais o valor atribuído pelo clube, o consumidor terá direito a uma entrada no estádio. Valores acima de trinta reais só darão direito a uma entrada individual.


Mais uma vez como há dois anos quando foi implantado o sitema nos campos do Tocantins, o Araguaína foi o clube que mais levou torcedores ao estádio (1.475) na rodada do último sábado. Depois vem o São José (246), Gurupi (223) , Paraíso trocou 176 notas/cupom pelo o ingresso, e o Palmas só conseguiu trocar 94 notas.


Procedimentos
O responsável pelo recebimento, autenticação e rubrica das notas fiscais ou cupons fiscais estarão duas horas antes do início da partida na bilheteria ou portão de acesso do estádio, devidamente identificado com uma camiseta e crachá para que o torcedor tenha facilidade de acesso nas trocas. A Secretaria Estadual do Esporte (Sespo), comunica ainda que a nota fiscal ou cupom fiscal só terá validade se for emitida por contribuintes ativos do Estado, com data de até 30 dias anteriores ao jogo. 


Dúvidas
Quantas notas fiscais podem ser trocadas por ingresso do jogo? – A nota fiscal ou cupom fiscal é individual,não importando o valor, desde que seja superior ou igual a R$ 30,00. Ex: nota fiscal de R$ 700,00 entra apenas um torcedor. Porém, se você tiver duas notas fiscais a soma deve ser igual ou superior a R$ 30,00. A data das notas fiscais ou cupons fiscais não podem ser inferiores a 30 dias da realização da partida.
Além da nota fiscal ou cupom fiscal o torcedor terá que pagar algum valor? – A nota fiscal ou cupom fiscal é um dos componentes do ingresso, soma-se ao preço que o clube irá cobrar pelo ingresso. O valor que poderá ser cobrado pelos clubes na bilheteria será de no máximo R$ 3,00, na primeira fase, e podendo chegar ao valor de R$ 5,00 na 2ª fase em diante.


(Fonte: Jornal do Tocantins)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui