Palmas vence e rebaixa o Paraíso para a segunda divisão

0
122

Num jogo fraco tecnicamente e com poucas emoções, o Palmas bateu o Paraíso por 2 x 0, além de garantir a classificação para segunda fase ajudou a rebaixar o time do interior para a segunda divisão de 2009. Esta é a primeira vez em 15 anos de profissionalização do futebol Tocantinense que um clube é rebaixado. Com a vitória, o Palmas assumiu a terceira colocação no Grupo A com 17 pontos, atrás do Gurupi, o segundo colocado com 20 pontos. E quatro atrás do líder Alvorada que goleou o Juventude, em casa, por 4 x 0.


No final do jogo, o técnico do Paraíso, Gilmar Bernardes, lamentou a derrota e estava muito triste por ser o primeiro treinador profissional a cair para segunda divisão. ? Infelizmente estamos colhendo o que plantamos. Luamos muito em campo, mas faltou planejamento. Todos têm agora que assumir a responsabilidade e não se esconder?, comentou o treinador.


Jogo
O Palmas começou pressionando. Logo aos seis minutos, Ilan cruzou da esquerda e o atacante Pitbull cabeceou para fora. Mas o gol só saiu aos 23 minutos com o zagueiro Luis Henrique. Após cruzamento na área do meio-campista Émerson, a bola passou por todo mundo e o zagueiro sozinho na pequena área bateu forte para fazer 1 x 0. Aos 31 o atacante Artur foi empurrado na área pelo zagueiro Gleisson, do Palmas, mas a arbitargem mandou seguir. No escanteio, Artur quase empatou o jogo de cabeça. Lucca ainda despediçou uma chance aos 43 minutos.


Um jogo morno e com muitos passes errados de lado a lado, a etapa final ainda foi de dar sono. Aos 9 minutos, Pitbull, sozinho na área, chutou e o goleiro Régis fez ótima defesa. Dos dez minutos até os 35 minutos, praticamente não houve futebol, o jogo se arrastou. Somente aos 37 minutos, depois de ótima jogada de Lucca, ele lançou Pitbull dentro da área para bater cruzado e fazer 2 x 0 para o Palmas. Aos 42, Lucca ainda perdeu um gol feito devido à boa presença do goleiro Régis. No mais, o Palmas não apresentou um futebol convincente quanto como na goleada sobre o Alvorada semana passada por 5 x 1. No sábado, o time enfrenta o Interporto, em Porto Nacional, e o Paraíso recebe o Ipiranga, em Paraíso.


Ficha técnica 
Palmas:
Douglas; Rafael Lima (Tinga), Gleisson, Luis Henrique e Ilan; Pereu, Quezado (Mota), Émerson e Julhy (Assis); Pitbull e Lucca – Técnico: Ernesto Guedes 
Paraíso: Régis; Érick, Wicelmo, Vivaldo e Marcílio; Adriano, Júnior Careca (Gustavo), Israel e Alisson (Éric Lima); Arthur (Marlon) e Eric Bahia – Técnico: Gilmar Bernardes 
Árbitro: Antônio Jorge – Assistentes: Francisco Casimiro e Adriano Barros – Local: Nilton Santos – Renda: R$ 1.893,00 – Público Pagante: 583 Gols: Luis Henrique, aos 23 do primeiro tempo e Pitbull, aos 37 do segundo tempo – Cartões Amarelos: Tinga e Gleisson (Palmas) – Érick (Paraíso) – Vermelho: Marcílio (Paraíso) 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui