Obina entra faz gol e dá vantagem ao Flamengo na decisão

0
151

O atacante Obina conseguiu colocar o Flamengo em vantagem na decisão do Campeonato Carioca. O jogador, que entrou em campo no segundo tempo, marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo na tarde deste domingo, no Maracanã, e garantiu o bom resultado para o segundo confronto.


O tento marcado pelo xodó da torcida flamenguista saiu três minutos após sua entrada na vaga de Ibson e dá ao time rubro-negro o direito de jogar pelo empate no próximo domingo para conquistar o bicampeonato estadual.


O resultado também serve para dar tranqüilidade para os comandados do técnico Joel Santana, que enfrentarão o desgaste da viagem ao México, onde nesta quarta-feira a equipe encara o América pelas oitavas-de-final da Libertadores da América.


Sem poder contar com os machucados Castillo e Triguinho e com os suspensos Jorge Henrique e Alessandro, o técnico Cuca apostou na escalação do volante Túlio Souza fazendo a função de lateral-direito do Botafogo.


Porém, como o jogador recebeu o cartão amarelo com apenas 2min de jogo, o treinador foi obrigado a mudar os seus planos e fazer a primeira substituição antes mesmo dos 20min, promovendo a entrada de Eduardo.


O primeiro tempo da partida foi marcado pelo equilíbrio entre as duas equipes, com as marcações prevalecendo sobre os setores de criação na maioria das vezes. Dessa forma, a primeira grande chance do jogo só ocorreu aos 24min, quando o centroavante Souza dominou na área e chutou forte, exigindo boa defesa do jovem goleiro Renan.


O time de Joel Santana voltou a levar perigo aos 43min de jogo, quando Toró fez bom lançamento para o atacante Marcinho, que invadiu a área pela direita e bateu cruzado para nova intervenção do arqueiro botafoguense, que evitou a abertura do placar no Maracanã.


O camisa um parecia não sentir o peso de substituir Castillo na decisão e voltou a salvar o time alvinegro no primeiro minutos após o intervalo. Após cruzamento de Marcinho pela direita, novamente Souza duelou com Renan e levou a pior, parando em grande defesa do jogador de apenas 18 anos.


No minuto seguinte veio a resposta do time de General Severiano. O artilheiro Wellington Paulista arriscou de fora da área, a bola desviou na zaga e sobrou para Zé Carlos que, em posição de impedimento, completou para as redes. O árbitro paralisou a jogada e anulou o lance para frustração dos botafoguenses.


Aos 19min, o goleiro botafoguense voltou a evitar gol do time da Gávea ao espalmar forte chute de Marcinho. Mas aos 28min, o Botafogo devolveu e assustou o goleiro Bruno, que viu a sua trave ser carimbada em um arremate de Eduardo.


Porém, quando a partida estava se encaminhando para um empate sem gols, brilhou a estrela do técnico Joel Santana, que viu a sua equipe abrir o placar em uma jogada que envolveu dois atletas que entraram no decorrer do jogo.


Com 34min jogados, o lateral Leonardo Moura iniciou rápido contra-ataque e lançou Diego Tardelli na direita, que havia entrado no lugar do meia Kléberson. O atacante avançou e chutou cruzado, encontrando Obina na segunda trave, que só empurrou para as redes e marcou o seu quinto gol no campeonato.


Nos minutos finais, o Flamengo conseguiu segurar o início de pressão do Botafogo, que apostava nas bolas paradas de Lúcio Flávio, e garantiu a vantagem para a decisão do próximo domingo, novamente no Maracanã.


Ficha Ténica
Flamengo:
Bruno; Léo Moura, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Juan; Cristian, Kleberson (Diego Tardelli), Ibson (Obina) e Toró; Marcinho e Souza  (Jaílton )
Técnico: Joel Santana
Botafogo: Renan; Renato Silva, André Luis e Leandro Guerreiro; Túlio Souza  (Eduardo), Diguinho, Túlio, Lucio Flavio e Zé Carlos (Édson); Wellington Paulista e Fábio (Adriano Felício) – Técnico: Cuca
Gols: Obina, aos 34 minutos do segundo tempo
Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca
Renda: R$ 1.333.455,00
Público: 63.413 pagantes


 


(Fonte: Terra)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui