Internacional tenta virada em cima do Juventude no Gauchão

0
122

Internacional e Juventude decidem o título gaúcho neste domingo, no Beira-Rio, repetindo a final de 1998. Daquela vez, a equipe de Caxias do Sul foi campeã, com vitória de 1 a 0 no Alfredo Jaconi e empate em 0 a 0 no estádio colorado.


Domingo passado, o Juventude repetiu o placar de dez anos atrás. O empate sem gols é apenas uma das chances de chegar ao seu segundo campeonato. Derrota por 2 a 1, 3 a 2, e assim por diante, também serve. Se o Inter vencer por 1 a 0, as cobranças de pênaltis indicarão o campeão.


O Inter é o maior papão de títulos estaduais. Já conquistou 37. O último foi em 2005, em cima do 15 de Novembro, em Campo Bom, no Sadi Schmitt, que abrigou apenas 500 colorados. Dessa vez, espera-se público de mais de 50 mil, mas isso pode não se concretizar: a previsão é de chuva forte e muitos sócios ficariam em casa.


Um dos mais ansiosos pelo caneco é o técnico Abel Braga. Esta é a sua quarta passagem pelo Inter, e ele nunca venceu um Gauchão.


 


Juventude


Naquela partida, Zetti poupou o volante Juan Peres, com dores musculares, e não pôde escalar o lateral-direito Hélder e o volante Renan, ambos com cortes no rosto. Os três estarão no Beira-Rio. Desfalque, mesmo, só o do zagueiro Márcio Alemão, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Laerte será o substituto.


O meia Lauro, 34 anos, atuará com o número 500 às costas, alusão à quantidade de jogos com a camisa do clube. Ele é o único remanescente do título gaúcho de 1998. Bom de bola e de cabeça, Lauro garante que a eliminação da Copa do Brasil não influirá na confiança. Muito menos o barulho do Beira-Rio. ”Ruim é jogar em estádio vazio. Para os mais novos, será no mínimo uma experiência de vida. Para os veteranos, uma motivação a mais ” afirma.



Ficha técnica
Estádio: Beira-Rio (Porto Alegre, RS)
Data-hora: 04/05/2008 ? 16h (de Brasília)
Árbitro:
Carlos Simon
Auxiliares: Altemir Hausmann e José Carlos Oliveira
Internacional:Clemer; Bustos, Indio, Orozco e Marcão; Jonas, Magrão, Guiñazú e Alex (Andrezinho); Fernandão e Nilmar. Técnico: Abel Braga.
Juventude:Michel Alves; Hélder, Nunes, Laerte e Elvis; Renan, Juan Peres, Lauro e Leandro Cruz (Maycon); Mendes e Ivo. Técnico: Zetti.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui