Faleceu na semana Edson Frank ex-Palmas e Escolinha Nilton Santos

0
987

Edson Frank, ex-jogador campeão brasileiro pelo Guarani em 1978 e também reconhecido por suas contribuições nas seleções brasileiras de base e principal, foi sepultado na última quinta-feira em Silvânia (GO), sua cidade de residência. A causa de sua morte não foi divulgada.

Frank deixou sua marca no futebol tocantinense ao chegar em Palmas em 1999. Lá, ele se envolveu no Projeto de Escolinhas de Futebol da Prefeitura, ministrando aulas no núcleo das Arnes. Sua paixão e habilidade no ensino do esporte logo o levaram a assumir a categoria Sub-13 do Palmas, conquistando o título Tocantinense em 2000. Seus feitos se estenderam para as categorias Sub-15 e Sub-17, todas coroadas com títulos estaduais, além de uma vice-campeonato no Sub-20.

Em uma entrevista ao Site Alô Esporte, em 2019, Frank elogiou o projeto do Palmas Futebol e Regatas, destacando a visão de formação de talentos e oportunidades de negócios para o futuro. Lamentou, porém, que a saída de figuras importantes como Belmiran Sousa e Jayme Lourenço tenha interrompido o progresso do clube, que ele acreditava estar no caminho certo para se tornar uma potência no futebol brasileiro.

Profissional
Edson Frank recordou na época o momento em que assumiu como técnico a equipe principal do Palmas Futebol e Regatas. Ele lembra de ter deixado a equipe preparada para conquistar o título Tocantinense, mesmo sendo demitido sem ter perdido nenhum jogo. “As mudanças fazem parte do futebol”, refletiu. Frank valorizou sua contribuição para o Palmas Futebol e Regatas e expressou seu desejo de ver o clube se destacar nacionalmente.

Ao encerrar, a entrevista, Frank mencionou sua amizade com Reinaldo Cisterna e afirmou que, se surgisse uma nova oportunidade, voltaria com grande satisfação para o Palmas. “Ah, e não posso me esquecer do bom trabalho que realizei no Atlético Tocantinense, mesmo tendo sido levado pelo Belmiran”, recordou na época.

Início

A carreira de Frank teve início em Pirassununga (SP), em 1975, no Vila Brasil. Sua trajetória profissional inclui passagens por clubes renomados como Guarani, Internacional, Corinthians e CSA, entre outros, além de representar as seleções cearense e brasileira. Sua dedicação ao esporte perdurou até 1994, quando uma cirurgia no joelho o obrigou a encerrar sua jornada como jogador profissional. Mesmo após sua aposentadoria, Frank continuou envolvido com o futebol, trabalhando com categorias de base em Silvânia, Goiás, até seus últimos dias.

Carinho

Reinaldo Cisterna, gostaria de expressar os meus sentimentos à família e amigos neste momento difícil. Quero também aproveitar para compartilhar uma memória especial: em 2020, quando tive a oportunidade de abrir a escola do SPFC na AABB Palmas, recorri ao Edson Frank em busca do contato do ex-jogador Careca (foto). Edson prontamente me ajudou, e até solicitou a atenção de Careca para atender o amigo Reinaldo Cisterna. Essa gentileza e apoio são lembranças que guardo com carinho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui