Verdão Goiano goleia o Anápolis e vai à final do Estadual

0
117

Só a vitória por pelo menos dois gols de diferença interessava ao Goiás. Para isso, o Esmeraldino entrou em campo disposto a abrir o placar no primeiros minutos de jogo. Com maior volume de jogo, o time de Caio Júnior pressinou desde o início, mas desatento na marcação deu a chance de o Anápolis abrir o placar.


Em um contra-ataque mortal, aos nove minutos de jogo, Reinaldo carregou bem a bola e entregou para Dinei. O atacante finalizou fraco, mas o goleiro Harlei, espalmou sem força e a bola acabou entrando no gol, abrindo o placar para o Tricolor.


O Verdão não se abateu com a desvantagem e buscou a reação. E demorou apenas cinco minutos para ficar tudo igual na partida. Aos 14 minutos, o atacante Andreson Aquino, aposta do técnico Caio Júnior para a partida, mostrou que o treinador estava certo ao escalá-lo. Paulo Baier recebeu na marca do pênalti, ameaçou chutar e rolou para Aquino. Com categoria, o ele tocou por cobertura, marcando seu primeiro gol na partida.


Isso porque, dez minutos depois, a estrela do atacante voltou a brilhar e, com mais um belo gol, colocou o Verdão na frente. Com a virada, o Goiás precisva de apenas mais um gol para se classificar para a final do Goianão.


A partida seguiu disputada até o fim do primeiro tempo. O Goiás continuou pressionando, mas não conseguiu mais vencer a marcação do Anápolis. Como o resultado parcial ainda o favorecia, o time do técnico Evair passou a jogar mais fechado, tentando de todas as formas evitar o terceiro gol esmeraldino.


 


 Segundo tempo
Se no restante do primeiro tempo a tática no Anápolis funcionou, na segunda etapa, a pressão do Verdão acabou dando resultado. Abatido em campo, o time do interior, não lembrou nem de longe o time que havia batido o Goiás em casa no jogo de ida. Sem buscar o ataque, o time do técnico Evair cada vez mais convidou o Goiás para o seu campo de defesa.


Sem tomar conhecimento, o Esmeraldino tomou iniciativa desde os primeiros minutos e só não conseguiu logo o terceiro gol porque o atacante Anderson Aquino, herói da primeira etapa, jogou contra o patrimônio e evitou o gol verde em duas oportunidades.


Talvez por coincidência, no lance seguinte à substituição de Aquino por Alex Dias, o meia Paulo Baier, aos 20 minutos, recebeu na entrada da área, driblou o marcador com categoria e com um chute certeiro no canto, não deu chances para o goleiro Mauro defender.


Apesar das substitíções, que deixaram o Anápolis com dois atacantes, o time não conseguiu reagir e continuou dando espação para o Goiás jogar. Com o fim da partida se aproximando, apesar de apenas um gol dar a classificação para o Tricolor, a torcida, desanimada, deixou o Serra Dourada. Quem ficou acabou vendo o quarto gol do Verdão.


Aos 37 minutos, o lateral-esquerdo Fabinho recebeu de frente para o goleiro e, com categoria, apenas tirou de seu alcance, garantindo a classificação esmeraldina.


 


Goiano – jogos de volta das semifinais (horário de Brasília)
Sábado, 19/04
16h – Goiás 4 x 1 Anápolis – Serra Dourada (Goiânia)
Domingo, 20/04
16h – Atlético-GO x Itumbiara – Serra Dourada (Goiânia)


 


(Fonte: Globo.com)



 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui