Tubarão manda quatro jogadores embora por indisciplina

0
107

Caçula e revelação do Tocantinense, líder absoluto na primeira fase do Grupo A com 24 pontos, e um futebol até certo ponto convincente. Mas nada disso foi suficiente para fazer a cabeça dos jogadores do Tubarão – Juninho, Naldo, Michael, Jamilson e Niltinho. É que na última sexta-feira, estes cinco atletas que até então vinham ajudando o Tubarão a ser temido na competição, se rebelaram do grupo, e enquanto a maioria treinava forte para enfrentar o Palmas nesta terça-feira, os cinco foram vistos em um bar bebendo. As informações são do presidente do clube, Manoel de Jesus, que ficou decepcionado com a atitude dos cinco atletas. Tanto que ontem dispensou quatro jogadores. O atacante Niltinho, ainda seria ouvido novamente pelo presidente e o técnico Vinícius Saldanha. Mesmo assim a situação do atacante que divide a artilharia do Estadual com Fabinho (Juventude), ambos com seis gols, não é nada confortável.


Versão
Segundo Manoel de Jesus, o pivô da discórdia foi o jogador Juninho, que disse estar descontente com um atleta do elenco, o zagueiro Daniel. ? Ele disse que por isso não havia ido treinar. Quanto aos aoutros jogadores todos o acompanharam até o bar?, comentou o presidente dizendo que o atacante Niltinho se justificou dizendo que não foi ao treino, pois estava machucado. ? Ficamos chateados com estes jogadores, pois o clube está em dia com os salários e nada justificaria esta atitude de quem quer que seja?, lamentou Jesus.


Técnico
O técnico do Tubarão, Vinícius Saldanha fez questão de ressaltar que nenhum destes cinco jogadores haviam sido indicados por ele para vestir a camisa do clube. ? O que posso dizer é que são todos irreponsáveis, anti profissionais e desonestos não só comigo, mas com o grupo, a torcida e a diretoria?, esbravejou o treinador, acrescantado ainda que em qualquer que time que for treinador estes atletas jamais serão indicados por ele.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui