Tocantins e Tocantinópolis ficam no empate na Capital

0
153

Numa partida truncada com dez cartões, porém, muito disputada, Tocantins e Tocantinópolis ficaram no empate por 1 x 1, ontem no início da noite, no Estádio Nilton Santos, em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Tocantinense Grupo B. Com o empate, o Tocantins conquista seu primeiro ponto na competição e larga a lanterna para o São José, que ainda não pontuou. Já o TEC, permanece na quarta colocação com quatro pontos, três a menos que os líderes – Araguaína e Kaburé, que somam sete, o terceiro colocado é o Tubarão, que soma seis pontos.


Amanhã, o Tocantins volta a campo para enfrentar o Araguaína, às 18h30, no Estádio Gauchão. Já o Tocantinópolis vai até a cidade de Colinas para enfrentar o Kaburé, no domingo, às 17 horas, no Estádio Bigodão.


Jogo
O árbitro da partida Leandro Oliveira deu um minuto de silêncio em respeito ao falecimento do jogador Rodriguinho (ex-Palmas), que morreu na madrugada de ontem, vítima de parada cardíaca. Tão logo a bola rolou o Tocantins quase abriu o placar. A um minuto, o meia Juninho, um dos destaques do jogo, fez boa jogada e de fora da área arriscou o chute para o gol que a zaga salvou à escanteio. A partida, apesar de ter o domínio do time da Capital, o TEC conseguiu se segurar. Mas aos 16 minutos, novamente Juninho entrou na área e bateu forte para ótima intervenção do goleiro Jairo (TEC) – outro destaque do jogo. O TEC só levou perigo aos 29 minutos num chute longo de fora da área do volante Ismael que passou perto da meta. Aos 33 minutos, em jogada pela esquerda Renato cruzou na área e o zagueiopr Alê testou para os fundo das redes fazendo 1 x 0 para o TEC. E no finalzinho do primeiro tempo, quase Sandro Maranhão ampliou o placar ao cabecear a bola sozinho na pequena área para fora.


2º tempo
Depois de uma dura nos jogadores, no intervalo do jogo, o técnico do Tocantins, Tomaz Abreu, pediu ?vergonha? e luta aos atletas. O recado deu certo. Logo aos três minutos, o atacante Marksuel driblou um zagueiro do TEC e bateu cruzado e colocado no ângulo direito do goleiro Jairo – que nada pôde fazer 1 x 1. Um lindo gol dedicado ao amigo falecido ontem Rodriguinho. ? Este gol é pra você meu eterno amigo e sua família?, disse o atacante quase em lágrimas. Aos 10 minutos, o lateral-esquerdo Renato, que havia acabado de levar o amarelo fez uma falta desleal e foi expulso. Com um a menos, o TEC se fechou atrás. Aos 19, o meia Maurinho cobrou uma falta no travessão do goleiro André (Tocantins). Aos 23, Marksuel teve a chance de desempatar e jogou fora. Aos 34, o volante Dudu dentro da área chutou sobre o gol. Um minuto depois foi a vez de Juninho fazer boa jogada, mas parou na boa defesa do goleiro Jairo. Faltando menos de cinco minutos para acabar, o técnico do TEC, Triel, foi expulso, por reclamação, segundo a arbitragem. Aos 40, o lateral Diney cobrou a falta no ângulo, mas o TEC tinha Jairo e ele defendeu e decretou o empate do jogo.












Ficha técnica
Tocantins: André; Leyslan, Adriano, Fabiano e Dinei; Miza, Fortaleza, Arismar e (Juninho); Maciel e Marksuel( Rômulo (Chinês) – Técnico:Tomaz Abreu TEC: Jairo; Jackson, Alê, Aldenor e Renato; Ismael, Clayton, Maurinho e Sandro Maranhão; Alexandre (Alex) e Giba (Elemilton) – Técnico: Triel
Árbitro: Leandro Oliveira – Assistentes: Audir Lira e Gilvaneis Pires – Local: Estádio Nilton Santos – Gols: Alê, aos 28 do primeiro tempo para o TEC; Marksuel, aos 3 do segundo tempo para o Tocantins – Cartões amarelos: Marksuel, Adriano e Miza (Tocantins); Alê, Sandro Maranhão, Renato, Aldenor, Maurinho e Jackson (TEC) – Vermelho: Renato (TEC), aos 10 do segundo tempo – Renda: R$1.191,50 – Público Pag.: 212 – Não Pagante: 63 e Público Total: 275

 


(Fonte: Jornal do Tocantins)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui