Queniano Martin Lel vence a Maratona de Londres

0
121

O queniano Martin Lel venceu, neste domingo, a Maratona de Londres, uma das cinco mais importantes do mundo, com o tempo de 2h05m15s, novo recorde da prova. Vencedor das edições de 2005 e 2007, Lel fez uma prova tecnicamente perfeita, mantendo-se no pelotão da frente durante todo o percurso e, nos últimos 200 metros, acelerando e deixando para trás os seus dois concorrentes mais próximos: o queniano Samuel Wanjiru, que chegou em segundo lugar, com o tempo de 2h05m24s e o marroquino Abderrahim Goumri, que terminou o percurso em 2h05m30s.


Disputada sob intenso frio, e com muita chuva nos últimos 20 quilômetros, a prova teve um ritmo muito forte imprimido pelo pelotão de elite. A expectativa era de que, sem chuva, o recorde mundial, do do etíope Haile Gebrselassie (2h04m26s) fosse batido. Gebrselassie estabeleceu a melhor marca do mundo em 30 de setembro de 2007, em Berlim, na Alemanha.


Feminino
No feminino, a vitória foi para a cazaque naturalizada alemã Irina Mikitenko, com o tempo de 2h24m14s. Aos 35 anos, Mikitenko estreou na maratona em 2007, e seu primeiro resultado expressivo foi o segundo lugar na Maratona de Berlim naquele ano. Em segundo lugar ficou a russa Svetlana Zakharova (35 anos), com 2h24m39s, e em terceiro chegou a a etíope Gete Wami (30 anos), a grande favorita da prova, com o tempo de 2h25m37s. Curiosamente, apenas atletas com mais de 30 anos de idade aparecem entre as cinco primeiras colocadas.


O recorde mundial da distância para mulheres, de 2h15m25s, pertence à inglesa Paula Radcliffe, que não disputou a edição de 2008 da prova, e foi conseguido em 2003


(Fonte: Globo.com)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui