Presidente do Atlético Cerrado sugere a FTF dividir dinheiro enviado pela CBF

0
11

Presidente do Atlético Cerrado sugere a FTF dividir dinheiro enviado pela CBF

Um dia após a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) afirmar que vai efetuar o pagamento de R$ 120 mil as equipes do Palmas e do Tocantinópolis, representantes do Tocantins no Brasileiro da Série D, e dar uma ajuda de custo par as federações estaduais espalhadas pelo Brasil, no mesmo valor, em função das dificuldades causadas pela pandemia do novo coronavírus, a diretoria do Clube Atlético Cerrado de Paraíso, não perdeu tempo e já redigiu um ofício solicitando ajuda para a Federação Tocantinense de Futebol (FTF). O pedido foi feito pelo presidente do clube, Dyego Pereira Lima.

Ofício
Segundo o ofício, o clube solicita contribuição financeira e isenção de taxas juntos à FTF. O clube alega estar devidamente inscrito e ativo junto a CBF e FTF como representante da cidade de Paraíso do Tocantins em competições estaduais de futebol. Diz o documento, considerando que houve sensibilidade por parte da Presidência da CBF, em atenção aos impactos provocados pela paralisação do futebol em decorrência da pandemia do Coronavírus, definiu por isentar todos os clubes das taxas relativas ao registro de contratos e à transferência de jogadores a partir do dia 3 de abril de 2020 por tempo indeterminado.

Segundo o presidente, a medida inclui isenção de valores relativos ao registro de contratos definitivos, de contratos de empréstimo, de renovação, prorrogação ou rescisão contratual, além das transferências de atletas. Considerando que a CBF comunicou ontem, 6 de abril de 2020, novas medidas de apoio financeiro aos clubes e federações.

A entidade destinará pouco mais de R$ 19 milhões para ajudar equipes que disputam as Séries C e D com valores equivalentes à média de duas folhas salariais dos atletas de cada competição. E cita os valores que a CBF irá repassar a todas as divisões e ao futebol feminino.

Pedido dos clubes
Baseado nestas informações, o clube sugere a FTF: repasse financeiro no valor de R$ 20.000,00 (Vinte mil reais) para cada clube aos seis (6) clubes (Clube Atlético Cerrado, Sociedade Desportiva Sparta, Nova Conquista Esporte Clube, Capital Futebol Clube, Araguacema Futebol Clube e Interporto Futebol Clube) integrantes do Tocantinense 1ª Divisão 2020, e que em específico não serão integrantes de competições nacionais promovidas pela CBF no ano de 2020, totalizando R$ 120.000,00 (cento e vinte mil reais) repassados da CBF para a FTF

Reivindicando paridade de tratamento e atenção a situações fortemente emergenciais, visto que os 2(dois) clubes integrantes da Série D (Palmas Futebol LTDA e Tocantinópolis Esporte Clube) já receberão de forma assegurada seus respectivos repasses financeiros devido a participação na referida competição nacional.

Isenção das taxas
Isenção de todas as taxas da FTF relativas ao registro de contratos e à transferência de jogadores por tempo indeterminado, de forma similar assim como a deliberação da CBF. A medida inclui isenção de valores relativos à registro de contratos definitivos, de contratos de empréstimo, de renovação, prorrogação ou rescisão contratual, além das transferências de atletas.
Isenção dos clubes profissionais do pagamento de todas as taxas de arbitragem relativas às competições profissionais e amadoras que ainda serão realizadas no ano de 2020.

www.aloesporte.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui