Palmas entra na briga para sediar os Jogos Escolares da Juventude 2018

0
528
Secretário da Educação de Palmas, Danilo de Melo (E) conversa com representantes do COB e da Prefeitura de Palmas – Foto: Walquerley Ribeiro
Carlos Amastha lembrou das potencialidades de espaços e infraestrutura, como rede hoteleira, rede de saúde, acessibilidade e equipamentos esportivos – Fotógrafo: Aline Batista

A cidade de Palmas entra na briga para tentar sediar no próximo ano, a etapa 12 a 14 anos dos Jogos Escolares da Juventude, que deve reunir aproximadamente 6.000 atletas e mais mil dirigentes, num total de 7 mil participantes.

No início da semana, o Gerente Geral de Juventude do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Edgar Hubner visitou o prefeito Carlos Amastha e a vice-prefeita da capital do Tocantins, Cintia Ribeiro e várias instalações esportivas sediadas na Capital.

No site do COB, Hubner disse ter ficado impressionado com as três escolas de Tempo Integral que visitou em Palmas e ainda elogiou a qualidade de ensino, estrutura e conceito da cidade. Segundo ele, Palmas possui avenidas largas que possibilitam as competições de ciclismo, assim como o kartódromo. “Visitei o Espaço Cultural que para abertura é, em termos de conceito, um ótimo local”,  disse Edgar Hubner, em entrevista à Secretaria de Educação de Palmas.

Durante os dois dias de visita à Capital, Hubner esteve no Ginásio Ayrton Senna, no Kartódromo Rubens Barrichello e na Escola de Tempo Integral (ETI) Almirante Tamandaré, e também na pista de Atletismo da UFT.

Na última terça-feira, ele também se reuniu com representantes do Governo do Tocantins, na Secretaria Estadual de Educação, Juventude e Esportes (Seduc) para saber mais sobre a estrutura na área escolar e esportiva do Estado.

imagePrefeito eo diretor-geral dos Jogos Escolares da Juventude, Edgar Hubner

Prefeito e o diretor-geral dos Jogos Escolares da Juventude, Edgar Hubner -Fotógrafo: Aline Batista

imageO representante do COB ao lado do presidente da Fundesportes, Orlando Rangel, durante visita a ETI Almirante Tamandaré

O representante do COB ao lado do presidente da Fundesportes, Orlando Rangel, durante visita a ETI Almirante Tamandaré – Fotógrafo: Aline Batista

Fundesportes

Para o presidente da Fundação Municipal do Esporte e Lazer (Fundesportes), Orlando Rangel, a realização do evento seria muito importante para colocar Palmas de vez na rota dos grandes eventos esportivos do Brasil. “Já tivemos a oportunidade de realizar e mostrar ao mundo que Palmas é capaz de sediar grandes eventos, prova disso foi a realização da 1ª edição dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas em nossa cidade, muito elogiada por todos”, ressaltou Rangel, dizendo que o diretor do COB saiu satisfeito do que viu em sua visita técnica. “É um dirigente muito respeitado no meio esportivo brasileiro. Ele é diretor no COB há 14 anos, onde fez parte da organização do Pan-Americano e das Olimpíadas do Rio de Janeiro, além de outros grandes eventos esportivos do Brasil”, destacou o gestor, acrescentando ainda que caso Palmas venha a sediar os Jogos Escolares da Juventude a economia local irá aquecer bastante.

imageO representante conheceu projetos desenvolvidos na unidade

Além de Palmas, Hubner fez avaliações nos municípios do Mato Grosso do Sul e Goiás. Quanto à escolha, o COB ainda enviará um caderno de encargos aos dirigentes das cidades que vão pleitear a sede e, depois de analisadas, quem apresentar as melhores condições será a escolhida.

imageO representante conheceu várias instalação da unidade

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Grupo Globo, com patrocínio da Coca-Cola e apoio da Estácio.

www.aloesporte.com.br.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui