Justiça do Tocantins libera zagueiro Alisson do Palmas

0
140

Depois de passar uma noite preso na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Palmas, acusado de fraude em orelhões com uma chave e um aparelho telefônico, o jogador Alisson José Fonseca Barros, 22 anos, foi solto ontem, por volta das 18h30. A decisão foi do juiz da 3ª Vara Criminal de Palmas, Francisco de Assis Gomes Coelho, que acolheu o pedido de liberdade provisória impetrado pelo advogado Ricardo Hag.


Segundo o superintendente do Palmas, Carlos Manzini Júnior, o advogado do zagueiro agiu de forma rápida e dentro da legalidade e conseguiu liberar o atleta. Manzini ressaltou ainda que o jogador, por ter bons antecendentes, endereço fixo e não ter nenhum problema com a Justiça, foi solto. ? Foi um caso pessoal e isolado do atleta, mas que no geral acabou prejudicando o próprio jogador?.


Com relação ao aproveitamento do atleta no grupo, o dirigente disse que quem iria decidir seria o técnico Ernesto Guedes, mas em função do acontecimento, o dirigente acha difícil a permanência de Alisson no grupo. ? Infelizmente a fase dele no Palmas para mim acabou, até porque ele não vinha atuando no time titular?, revelou Manzini.


Ontem mesmo, o jogador retornou ao hotel e se juntou a parte do elenco, já que alguns jogadores que são da Capital residem em suas próprias casas.


Técnico
Já o técnico Ernesto Guedes disse que vai dar todo apoio moral e psicológico a Alisson. Segundo ele, neste momento difícil que passa o jogador não seria correto jogá-lo na rua da amargura.?Quem somos nós para pré-julgar o rapaz. Vamos trabalhar na recuperação dele como homem de família. Ele não jogará mais, mas vamos dar total apoio a ele?, comentou Guedes.


Tubarão
Com relação ao time, que precisa de uma simples vitória diante do Tubarão para se classificar para a semifinal do Tocantinense, Guedes disse que contará com o retorno do goleiro Paulo Roberto, do zagueiro Luiz Henrique e do meio-campista Júnior Pereu. Mas o treinador disse que só vai divulgar a escalação do time nos vestiários, pois ainda tem algumas dúvidas.


Entenda o caso
O zagueiro do Palmas Alisson José Fonseca Barros, 22 anos, foi preso em flagrante na tarde da última terça-feira na avenida JK, saída para Paraíso, acusado de fraude em orelhões. Com uma chave e um aparelho telefônico, o jogador supostamente estaria ligando de graça. De acordo com o soldado da Polícia Militar Jacion Marinho, durante uma ronda policial, a atitude do acusado era suspeita. Ainda de acordo com o policial, no momento da abordagem, o jogador informou que estava ligando para a família.


(Fonte:Jornal do Tocantins)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui