Giba lamenta morte de Zagallo e diz que mestre o projetou no futebol

0
208

Gilberto Carioca, mais conhecido como professor Giba, encontra-se profundamente entristecido com o falecimento do mestre Zagallo, alguém que ele ressalta como sendo fundamental em sua carreira no futebol brasileiro.

Giba relembra o ano de 1980, quando atuava no Atlético Goianiense e Zagallo, então treinador do Fluminense, solicitou sua contratação, superando o interesse do Vasco. Assim, Giba acabou no Fluminense, contribuindo para a conquista do título de campeão Carioca de 1980 pelo Tricolor das Laranjeiras.

“Dos meus grandes triunfos e conquistas na carreira, devo muito a Zagallo. Ele me apoiou incansavelmente, oferecendo seu total respaldo. Mesmo quando conquistei um título contra ele, fez questão de me abraçar e elogiar. Zagallo foi uma parte essencial, não apenas das minhas conquistas, mas da minha jornada como um todo.”

Giba e Zagallo
Giba guarda uma foto como lembrança, onde Zagallo está orientando os jogadores do Fluminense e ele próprio está presente. Era um momento de trabalho tático, com Zagallo dialogando com Giba – Arquivo pessoal

Giba guarda uma foto como lembrança, onde Zagallo está orientando os jogadores do Fluminense e ele próprio está presente. Era um momento de trabalho tático, com Zagallo dialogando com Giba.

Em sua despedida, Giba expressa: “Que o Papai do Céu o receba lá em cima e lhe proporcione um merecido descanso.”

Além disso, Giba deixou sua marca na Escolinha Nilton Santos e Escolinha do Flamengo aqui no Tocantins. Nas décadas de 1970, 1980 e 1990, teve a honra de vestir as camisas de clubes renomados como Botafogo, Atlético Goianiense, Fluminense, Vasco e América, no Rio de Janeiro, além do Kaburé, de Colinas.

 

Governador lamenta morte de Zagallo; FTF também se manifesta | Alô Esporte (aloesporte.com.br)

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui