Em jogo ruim, Palmas e Interporto ficam no empate

0
142

Atuando como verdadeiras equipes de segunda divisão, pelo fraco futebol apresentado, ontem à noite, no Estádio Nilton Santos, na Capital, e num dos piores jogos do Campeonato Tocantinense, Palmas e Interporto empataram por 1 x 1, em partida válida pela sétima rodada da competição.


Este ano tem rebaixamento, e a última equipe de cada grupo desce para segunda divisão em 2009.


Com o resultado, o Palmas pula para quinta colocação com seis pontos ao lado do Juventude, mas leva vantagem no saldo de gols negativo (sofreu cinco e o time de Dianópolis – sete). Já o Interporto segue segurando a lanterna com dois pontos. Quezado abriu o placar aos 24 do primeiro tempo para o Palmas. O atacante Jefferson, do Interporto, que entrou no segundo tempo, no lugar de Sampaio, deixou tudo igual aos 3 do segundo tempo. Na próxima rodada, sábado dia 5 de abril, o Palmas, enfrenta o Ipiranga, na cidade de Aliança, e o Interporto recebe o Alvorada, no mesmo dia, na cidade de Porto Nacional.


Partida
Como um fato que já está virando rotina no Estádio Nilton Santos, por falta de ambulância, a partida começou com quase dez minutos após o horário previsto.Com a bola rolando, o Palmas partiu para cima do Interporto. Logo aos 15 segundos o atacante Adiel, que estreou com a camisa do tricolor perdeu um gol quase feito chutando para fora. Aos 4 minutos foi a vez do atacante Thiago tocar e a zaga portuense salvar para escanteio. O mesmo Thiago, aos 14 fez fila na defesa do Interporto, mas chutou sobre o gol. O time de Porto Nacional levou perigo aos 18 minutos, quando o atacante Rômulo tentou cruzar a bola na área e ela caiu atrás do goleiro Sandro do Palmas, quase abrindo o placar. Mas aos 24 minutos, após cobrança de escanteio da direita com Lucca, a bola sobrou fora da área. O volante Quezado matou no peito e mandou para o fundo das redes – num lindo gol do Palmas – e foi só.


2º tempo
Com duas modificações feitas pelo técnico do Interporto, Dias, os jogadores Jefferson (Sampaio) e Ítalo (Totonho), o time cresceu em campo e deu as cartas. E logo aos 3 minutos, empatou o jogo. O atacante Jefferson recebeu na área e bateu no canto esquerdo de Sandro – 1 x 1. Aos 6, novamente Jefferson bateu cruzado e Sandro mandou à escanteio. Aos 9, Jefferson debaixo da trave conseguiu cabecear a bola sobre o travessão. Enquanto isso, o Palmas exagerou nos passes errados e ficou acuado apenas tentando jogar no contra-ataque. Aos 29 minutos, o lateral-esquerdo Ilan, que havia recebido cartão amarelo sete minutos antes, fez uma falta dura em cima de Jefferson, mas o árbitro Zélio Silva, ?pipocou? e não deu nada. O Palmas só assustou aos 44 do segundo tempo, quando o lateral-direito Rafael Lima pegou um rebote de fora da área quase marcando o gol. Na saída dos jogadores do Palmas para o vestiário, a torcida xingou e pediu raça aos atletas.


Ficha técnica 
Palmas:
Sandro Carioca; Rafael Lima, Gleison, Alisson (Bibite) e Ilan; Gleison, Quezado, Tinga e Lucca (Júnior); Adiel (Jocion) e Thiago – Técnico: Ernesto Guedes
Interporto: Gilberto; Totonho (Ítalo), Fabão, Sales e Sidney; Dearley, Sampaio (Jefferson), Rômulo (Túlio) e Baiano; Alexandre e Marcos Vinícius – Técnico: Dias 
Árbitro: Zélio Silva Rocha – Assistentes: Paulo César Dourado e Marcelo Caetano – Local: Estádio Nilton Santos –
Gols: Quezado, aso 24 do primeito tempo (Palmas); Jefferson, aos 3 do segundo tempo para o Interporto – Cartões amarelos: Tinga, Ilan e Júnior (Palmas); Fabão e Ítalo (Interporto) – Renda: R$ 2.180,00 – Público Pagante: 500 pessoas. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui