Derrota para o Paraíso deixa o Palmas em situação complicada

0
111

A derrota para o Paraíso por 1 x 0, no último domingo, no Estádio Pereirão, na cidade de Paraíso, deixou o atual campeão Tocantinense, o Palmas, em situação delicada na competição, já que o time agora é o penúltimo colocado no Grupo A com apenas cinco pontos, em cinco jogos, enquanto a equipe paraisense subiu para o quarto posto com sete. Como se classificam quatro equipes de cada grupo, se o campeonato tivesse terminado no domingo, o Palmas estaria eliminado da segunda fase da competição.


Apesar do momento vivido pelo clube, o presidente do Palmas, Fernando Rezende, disse que está satisfeito com o rendimento do time, mesmo estando nesta situação no campeonato, pois segundo ele, os jogadores pratas-da-casa estão sendo utilizados e valorizados. Mas ele acredita na classificação do Palmas para a segunda fase e se tiver reforço financeiro, o clube irá fazer algumas contratações para a fase decisiva. ? Infelizmente ainda não recebemos o dinheiro prometido pela Prefeitura e pelo Governo Estadual, e estamos com dois meses atrasados dos salários dos jogadores?, explica Rezende, acrescentando ainda que o técnico Ernesto Guedes deve trazer reforços dos clubes grandes por onde ele passou e do interior de São Paulo. ? Estamos fazendo tudo com cautela e os pés no chão. Nada de preciptações?, comentou o presidente.


Jogo
Debaixo de muita chuva e num campo impraticável e com muita lama, o Paraíso bateu o Palmas por 1 x 0, com um gol de longa distância assinalado pelo jogador Wicelmo, aos 18 minutos do primeiro tempo. A partida foi válida pela sexta rodada do Tocantinense Grupo A.


Devido às péssimas condições do gamado, a partida foi muito truncada e mesmo assim o time da Capital criou algumas chances, mas sem sucesso nas finalizações. O Palmas volta a campo no próximo sábado, às 17 horas, contra o lanterna Interporto, no Estádio Nilton Santos. Já o Paraíso, joga domingo, às 16 horas, contra o Ipiranga, em Aliança.


Técnico
O técnico do Paraíso, Gilmar Bernardes, considerou a partida difícil, principalmente por causa da chuva. ?O pior adversário das duas equipes foi o campo, muito pesado, mas armei um esquema tático no 4-3-3 devido não termos os laterais direitos nem esquerdos. Improvisando um volante na esquerda e um atacante na direita, consegui neutralizar as ações do Palmas pelos dois lados?, disse. Apesar da forte chuva, o público foi de 790 pessoas, entre pagantes e não pagantes, com uma bilheteria de R$ 4.852,00.


Grupo A
Pelo Grupo A, o Alvorada no sábado conseguiu um bom resultado fora de casa ao empatar com o Juventude na cidade de Dianópolis por 1 x 1. Com este resultado o time da região Sul do Estado manteve a segunda colocação no grupo com nove pontos. Já o Juventude se mantém na quinta colocação com seis pontos. Ainda pelo Grupo A, o Ipiranga de Aliança conquistou importante vitória na cidade de Porto Nacional ao surpreender o lanterna Interporto por 3 x 2 e assumir a terceira colocação com oito pontos.


Grupo B
Os líderes Araguaína e Kaburé confirmaram a boa fase e venceram na rodada. No sábado, em casa, o Araguaína bateu o Tocantins de Palmas por 2 x 1 e manteve o primeiro lugar com dez pontos, enquanto a equipe da Capital se manteve em penúltimo com apenas um ponto. Já o Kaburé passou pelo Tocantinópolis, com um gol aos 43 do segundo tempo marcado por Fabinho. Com a vitória, o time também chegou aos dez pontos do Araguaína, e tem o mesmo saldo de gols (quatro). O Araguaína marcou sete e levou três, o Kaburé fez seis e levou dois. Já o Tocantinópolis, além de se manter na quarta colocação com três. Quem se deu bem na rodada foi o Tubarão que no sábado passou pelo São José por 1 x 0, na Capital. A vitória deixou o time em terceiro com nove pontos. Já o São José segue firme rumo à segunda divisão, já que ainda não somou ponto.




 

(Fonte: Jornal do Tocantins)
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui