Botafogo vence revanche tensa contra o Flamengo

0
176

Flamengo e Botafogo, que fizeram uma final de Taça Guanabara recheada de polêmicas, voltaram a disputar uma partida muito tensa, hoje, no Maracanã. Ao fim de 90 minutos repletos de discussões, faltas duras e dois cartões vermelhos para o time rubro-negro, o alvinegro triunfou por 3 a 2.



Com o resultado, os comandados de Cuca mantiveram o aproveitamento de 100% na Taça Rio. Eles chegaram a 12 pontos e dividem a liderança do Grupo 2 com o Vasco, embora leve a pior nos critérios de desempate. Já a formação dirigida por Joel Santana, que atuou com muitos reservas, está em segundo no Grupo 1, com nove pontos.


O Botafogo saiu na frente, aos 22min do primeiro tempo, quando Wellington Paulista completou para a rede após bate-rebate. O Flamengo empatou em pênalti cometido por Renato Silva em Obina. Leonardo Moura bateu bem, aos 38min, e igualou o marcador.


Ainda no primeiro tempo, o time alvinegro voltou a passar à frente. Triguinho fez corta-luz, e o árbitro Marcelo de Souza Pinto viu pênalti de Jaílton em Lucio Flavio. Como este foi retirado de campo de maca, a cobrança foi feita por Zé Carlos e convertida.


Os comandados de Cuca voltaram bem do intervalo e ampliaram com Jorge Henrique. Aos 8min, o atacante recebeu cruzamento de Wellington Paulista e cabeceou para a rede. O Flamengo descontou, aos 23min, em cobrança de falta de Leonardo Moura completada por Thiago Sales.


O clima esquentou bastante a partir desse momento. Cena vista na final da Taça Guanabara foi repetida hoje, uma vez que o goleiro Castillo segurou a bola após o gol e foi cercado por quatro flamenguistas. Daí em diante, o que se viu foi uma sucessão de desentendimentos.


Jorge Henrique se tornou o principal alvo dos jogadores do Flamengo, que abusaram das faltas violentas. Após desentendimento entre ele e Jônatas, o flamenguista recebeu o cartão vermelho. Já nos acréscimos, Obina aplicou entrada muito violenta em Lucio Flavio e também foi expulso.


Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data – Hora: 16/3/2008 – 
Renda – Público: R$ 296.733,00 – 21.010 pagantes (23.418 presentes)
Árbitro: Marcelo de Souza Pinto (RJ)
Assistentes: Beival do Nascimento Souza (RJ) e Vilmar Raul (RJ)
Cartões Amarelos: Jaílton e Jônatas (FLA); Andre Luis, Jorge Henrique, Triguinho e Túlio (BOT)
Cartões Vermelhos: Jônatas, 42’2ºT (FLA); Obina, 45’2ºT (FLA)
GOLS: Wellington Paulista, 22’/1ºT (0-1); Léo Moura, 38’/1ºT (1-1); Zé Carlos, 46’/1ºT (1-2); Jorge Henrique, 7/2ºT (1-3); Thiago Salles, 23’/2ºT (2-3)
FLAMENGO: Bruno, Leonardo Moura, Leonardo, Thiago Sales e Egídio; Gavilán (Léo Medeiros, 33’/2ºT), Jaílton (Marcinho, 11’/2ºT), Toró e Jônatas; Renato Augusto (Maxi, 11’/2ºT) e Obina. Técnico: Joel Santana.
BOTAFOGO: Castillo, Renato Silva, Andre Luis e Triguinho (Adriano Felício, 26’/2ºT); Alessandro, Diguinho, Túlio (Eduardo, 12’/2ºT), Lucio Flavio e Zé Carlos (Wellington Junior, 35’/2ºT); Jorge Henrique e Wellington Paulista – Técnico: Cuca. 


 


(Fonte:Terra)
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui