Tragédia acompanha o Palmas desde 97 quando um jogador morreu no campo da 102 por causa de um raio

0
10

Tragédia acompanha o Palmas desde 97 quando um jogador morreu no campo da 102 por causa de um raio

Os episódios de tragédia no Palmas Futebol e Regatas não é de agora, pelo contrário, além da morte de três ex-presidentes, Arnaud Rodrigues (2010), Alexandre Alves (2016) e Lucas Meira (2021), também voltamos no tempo logo no primeiro ano de fundação do clube, em 1997, quando um jogador do Palmas de nome Cláudio, conhecido como Prego, garoto de Taquaralto, morreu após receber um descarga elétrica (raio), no campo da Arse 102(1.106 Sul).

Cena do fato

Zezé Vieira, o primeiro técnico do Palmas, Denir Maurício (diretor de futebol) e o atacante Jura – https://aloesporte.com.br/por-onde-anda-o-artilheiro-jura-que-fez-historia-no-palmas-entre-97-e-2000/, pessoas que infelizmente estiveram presentes na cena deste dia trágico com a morte do jovem Prego, comentam o que aconteceu naquele treinamento que mudou a vida de cada um deles de tantas famílias.

Raio no campo

Zezé Vieira (foto) conta que naquela tarde estava chovendo na Capital e no Centro de Treinamento da Arse 102 (1.106 Sul). Ele achou por bem parar o treino, mas logo em seguida a chuva afinou e os jogadores pediram para que ele continuasse o treino. Ele então prosseguiu e logo em seguida caiu um raio no gramado e atingiu o garoto Cláudio (Prego), que infelizmente veio a óbito.

Outros jogadores também caíram no gramado e foi aquela gritaria e muita tristeza. “Não vi mais nada, acordei no hospital, onde fiquei dois dias em coma” relembrou Zezé Vieira dizendo que até hoje sofre com o episódio, já que tem uma dor de cabeça infernal, mas os médicos por onde ele passou para se tratar dizem que tem a ver com o raio que caiu no campo e nunca se curou.

Tristeza

O diretor de futebol da época era Denir Maurício (foto). Ele relembra com muita tristeza aquela tarde no campo da 102 (CT do Palmas). Sim naquele dia caiu um raio no campo, o técnico era o Zezé Vieira, ele foi atingido e perdeu todos os dentes da boca e foi parar em coma no hospital. Graças Deus depois se recuperou. “Perdemos o atleta Preguinho que veio a óbito. Meu sobrinho Fábio Pereira até hoje ficou com o corpo com defeito por causa da descarga elétrica. É ruim de voltar ao tempo e relembrar este episódio que vi acontecer na minha frente. Foi um desespero total”, comentou.

Sentimento

Já o atacante Jura (foto), que tinha acabado de chegar de Paranã para fazer parte do elenco da base do Palmas, esteve presente na cena do acontecimento e lamenta muito a morte do garoto Prego. Segundo e Jura, ele, tinha uns 8 minutos de treinamento, quando ocorreu a descarga elétrica (raio). Vi o Prego falecer do meu lado. Outros 22 garotos todos caídos no chão gritando. “Tive a sorte ainda de salvar a vida de um menino quando puxei a língua dele e ele voltou a respirar. Outro colega meu jogador também fez massagens no peito de outros meninos e só não foi mais trágico graças a estas iniciativas nossas naquele momento”, relembrou Jura dizendo que quando ficou sabendo da tragédia da queda do avião com os jogadores do Palmas, o presidente e o piloto disse que voltou ao passado e disse ter sentido de perto como é um momento terrível destes.

Conforto

Tanto Zezé Vieira, Denir Maurício como Jura mandaram votos de conforto aos familiares e amigos destas pessoas que perderam suas vidas tão precocemente e pediram a Deus para dar forças a todos neste momento complicado da vida de cada um deles.

Avião que levava parte da delegação do Palmas para Goiânia para enfrentar o Vila Nova cai e mata 6 pessoas https://aloesporte.com.br/60439-2/

3 presidentes do Palmas morrem de forma trágica na história de 24 anoshttps://aloesporte.com.br/tres-presidentes-do-palmas-morrem-de-forma-tragica-o-longo-da-historia/

Saiba quem são os jogadores mortos na tragédia da queda do avião do Palmas https://aloesporte.com.br/60492-2/

www.aloesporte.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui