Tocantinenses vão completar 24 anos de participações na Copa do Brasil

Quando o Gurupi entrar em campo contra o Londrina (PR), na próxima quarta-feira às 20h30, no Estádio Resendão, o futebol tocantinense estará completando sua 24ª participação na Copa do Brasil. Pelo novo regulamento da CBF, o time visitante joga pelo empate e pela vitória. E aos donos da casa só resta a vitória para seguir na competição; ou seja:chance única.

 

A diretoria do Camaleão do Sul disponibilizou dois mil ingressos que poderão ser adquiridos no comércio local da cidade. O torcedor que comprar o ingresso de forma antecipada pagará R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Já na bilheteria do Resendão, na hora do jogo a inteira custará R$ 30 enquanto a de estudante continua no valor de R$ 10. Esta será a quarta do Gurupi na competição. Anteriormente, o Camaleão do Sul já havia disputado, e nas três caiu na primeira fase. Em 2011 enfrentou o Paraná Club. No jogo de ida em casa empatou por 1 x 1. E em Curitiba perdeu por 3 x 0. No ano seguinte o adversário foi o Atlético Goianiense. No Resendão, o time perdeu por 1 x 0. Já em Goiânia, o Dragão venceu o Camaleão do Sul por 4 x 2. E em 2013, o rival foi o América Mineiro com a disputa de dois jogos. Em Gurupi, o time mineiro venceu por 3 x 2, enquanto em Belo Horizonte foi 0 x 0.

 

Participações

Em 1994, um ano depois do futebol do Tocantins ter sido profissionalizado, o Kaburé de Colinas foi o primeiro clube a disputar a competição nacional. Na época, o Kaburé avançou para a segunda fase eliminando o América Mineiro e depois caiu diante do Comercial (MS) perdendo as duas partidas. Em casa perdeu por 2 x 0 e fora pelo mesmo placar O Palmas Futebol e Regatas é a recordista em participação com cinco presenças e o clube também com melhor classificação, 7ª posição em 2004.

Várias equipes do Estado como o Kaburé (Colinas), União Atlética Araguainense (Araguaína), Palmas, Gurupi, Tocantinópolis, Alvorada, Interporto, Colinas e Araguaína, Tocantins de Palmas, tiveram a participação na Copa do Brasil.