São Paulo derrota Portuguesa com dois gols de Washington

Em sua estreia, atacante chama a responsabilidade, dá show e faz o clube conquistar o 1.º triunfo no Paulistão.


Washington não poderia ter uma estreia melhor pelo São Paulo. Com dois gols do atacante, o clube tricolor derrotou a Portuguesa no Estádio do Canindé por 2 a 0, em duelo pela segunda rodada do Campeonato Paulista. Foi a primeira vitória do time na temporada – na última quarta, ficou no 1 a 1 com o Ituano.


 O técnico Muricy Ramalho teve problemas para escolher o companheiro de Washington. Antes do jogo, Borges sentiu uma indisposição estomacal e teve de ser cortado. Com isso, Hugo ganhou a chance de jogar. A inesperada mudança não interferiu no desempenho do clube, que abriu o placar logo no primeiro minuto.


 


Em cobrança de escanteio do volante Hernanes, Washington disputou com o zagueiro Ediglê e a bola foi desviada para o fundo das redes do goleiro Bruno. O ”Coração Valente” mostrou em seu primeiro lance que tem tudo ser o grande nome do clube na temporada – a grande meta é conquistar o título da Copa Libertadores.


 


Com o gol precoce, o São Paulo decidiu se manter na defesa. A Lusa, que estreou o técnico Mário Sério, teve problemas na armação. Mesmo assim, o time criou uma boa chance ainda na etapa inicial. Aos 31, Miranda se atrapalhou com Rogério Ceni e a bola sobrou para Fabrício Carvalho – o atacante da Lusa acertou a trave, e na sequencia mandou para fora.


No segundo tempo, a Portuguesa mudou a postura e voltou com tudo. No primeiro minuto, Rai acertou uma bomba de fora da área e viu a bola explodir no travessão de Rogério Ceni. Aos 5 minutos, o lateral-esquerdo Athirson aproveitou cruzamento e cabeceou. Ceni defendeu.


O São Paulo conseguiu resistir à pressão da Portuguesa. Porém, o clube teve uma baixa. O goleiro Rogério Ceni sentiu uma contusão na coxa e teve de ser substituído aos 26 minutos – os médicos ainda farão exames para saber a gravidade da contusão. Para o lugar do ídolo, entrou o jovem Dênis.


O domingo, porém, terminou com a festa de Washington. Aos 33 minutos, o atacante aproveitou cruzamento de Zé Luis, subiu livre de marcação e mandou uma verdadeira ”bomba” de cabeça para o fundo do gol de Fábio. A torcida do São Paulo foi ao delírio e comemorou a vitória no Canindé aos gritos de ”Washington.”


(Fonte:AE)

Deixe uma resposta

Fechar Menu
error: