Atletas da PJC compõem um terço dos judocas do Tocantins na disputa dos Jogos Escolares da Juventude

Garotos do equipe Palmas Judô Clube (PJC) - Foto: Marcus Mesquita/Divulgação
Garotos do equipe Palmas Judô Clube (PJC) - Foto: Marcus Mesquita/Divulgação  Atletas da PJC compõem um terço dos judocas do Tocantins na disputa dos Jogos Escolares da Juventude PJC nos JEJ Foto Arquivo Pessoal
Garotos do equipe Palmas Judô Clube (PJC) – Foto: Marcus Mesquita/Divulgação

Em uma temporada na qual está sendo soberana no estado, onde já alcançou o título tocantinense com três etapas de antecedência, e também tem conquistado importantes vitórias em torneios por todo o Brasil, é natural que a equipe Palmas Judô Clube (PJC) se destaque na seleção estudantil tocantinense que vai disputar os Jogos Escolares da Juventude (JEJ) a partir desta quarta-feira, 21, em João Pessoa, na Paraíba. Dos 15 judocas que representam o Tocantins na maior competição escolar do País na categoria 12 a 14 anos, cinco são atletas da PJC.

Integram a delegação tocantinense nos JEJ os judocas da PJC superligeiros [-36kg] Victória Dantas Vale e Maurício Ferreira Zete; ligeiro [-40kg], Francisco Jeanderson Collins da Silva; leve [-48kg], Carlos Eduardo Dantas Vale; e meio-médio [-53kg], Adiel Carneiro de Souza Ferreira. As disputas individuais acontecem nestas quarta, 21, e quinta-feira, 22; já as por equipe, na sexta-feira, 23.

Técnico da equipe de Judô do Tocantins e líder da PJC, o faixa preta 5º Dan Celso Galdino acredita em uma positiva campanha dos pupilos na competição. “A expectativa é que os alunos façam boas lutas e alguns cheguem à disputa de medalhas. Vamos buscar fazer um excelente campeonato e consagrar as atuações com o pódio, o que é possível; o Eduardo, por exemplo, tem mais experiência e está muito bem este ano, chegando a disputar a semifinal do Campeonato Brasileiro. Apesar dos demais estarem estreando nos Jogos Escolares, eles podem surpreender; mas, no mínimo, eles vão ganhar muito em aprendizado competindo aqui”, ressalta o Sensei Celso.

Em família

Pela terceira vez nos JEJ, o judoca Carlos Eduardo é o mais experiente dentre os amigos de equipe e confia em um melhor rendimento nesta edição. “Nas outras vezes que eu disputei os Jogos eu não tive um desempenho muito bom. Mas, agora, com mais treino e experiência, vou me entregar ao máximo e o resultado será consequência de tudo isto. O que mais desejo é chegar ao alto do pódio”, afirma, com confiança, o competidor.

Enquanto Dudu faz as vezes de veterano, a irmã caçula dele, Victória, estreia na competição. Segundo a atleta, ter o irmão por perto traz uma confiança extra na hora dos combates. “Este é o meu primeiro ano de Sub-15, em um novo peso e já espero poder levar um bom resultado de volta para Palmas. E ter o meu irmão do meu lado é legal, pois ele me dá mais confiança, assistência e me apoia quando estou no tatame, o que me deixa mais segura”, garante a judoca. [Especial para o Alôesporte/Ascom Total / Foto: Arquivo Pessoal]